sábado, 15 de agosto de 2009

No túnel do tempo

Há algum tempo tinha planejado imitar a Deire e a Paula nessa história de colocar fotos antigas. Elas tinham razão: é muito divertido!!!

Essa fotinha de cima ficou um tempão na porta do Fujioka, segundo a minha mãe.

Minha irmã vestida de Primavera, meu irmão eu não sei e eu de...Xuxa ou paquita.


Com meu falecido cachorro Kiko e o carro velho do meu pai.

Fantasiada de cachorrinho.

Eu sou a bebê e estou com meus irmãos e uma moça muito bonita que trabalhava lá em casa (minha mãe era muito segura de si...rs)

Com a Rosinere, que até hoje é nossa amiga.

Com minha mãe e lá no fundo a prima Simone. Acho que era meu aniversário

Fadinha e bailarina.

Rs....Meu irmão estava fantasiado de pivete. E o mais engraçado: com uma camiseta para votar no Jaime Câmara (acho que para deputado federal).
Família reunida para as Bodas de Prata dos meus pais.
No meu segundo recital de flauta. Meio esquisitinha...rs.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

A arte de ser maltrada

A duras penas tenho aprendido em Política a lidar com cara feia, esnobadas, patadas e coisas do gênero. Hoje tive minha estreia com o governador nesse sentido. Não vou dizer que ele foi grosso - foi até paciente, já que eu estava meio nervosa de ter que fazer perguntas dificéis. Mas é que educaaaaaado ele também não foi. Foi diferente da única vez em que eu tive de cobrir um evento com ele. Na época eu trabalhava no Circuito Goiano e ele me deu uma fatia de melancia...rs. Enfim....Acho que vou acabar ficando casca grossa. Na Assembleia eu já aprendi a driblar as caras ruins. Falta agora expandir esta capacidade para outras autoridades....rs. Mas a verdade é que, quanto mais maltratada eu sou em Política, mais eu sinto que estou fazendo meu trabalho direito. Não existe nada pior que um deputado, por exemplo, ser personagem de uma matéria minha e depois dizer: "aquela matéria ficou muito boa". Isso é ruim, muito ruim....rs.

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Filme e férias vencidas


* O tempo passou e nem escrevi nada sobre o melhor filme que assisti este ano: Desejo e Perigo. É daquele tipo de filme que você sai do cinema e continua pensando nele durante dias. Chega a interferir na personalidade. Desde a semana passada sinto uma vontade imensa de colocar salto alto e roupas mais femininas. A personagem do filme é muito feminina! Claro, não é isso o melhor da história (rs). O filme é simplesmente muito bom. Vale a pena conferir.
* Hoje volto para a editoria de Política (eu acho). Estou meio ansiosa, preciso me adaptar a tudo novamente. Fico sempre com uma sensação de insegurança quando troco de editoria. É aquela obrigação de agradar o tempo todo. Isso é até bom, porque me estimula. Mas nos últimos dias tenho feito um esforço muito grande para resultados que não estão me agradando. É como eu disse antes: férias vencidas. Não sabia que isso poderia interferir tanto no meu rendimento. Outubro precisa chegar logo...