domingo, 27 de dezembro de 2009

Mensagem de Ano Novo

Fiz uma singela homenagem para as pessoas queridas que aparecem nas imagens (e também para algumas ausentes). Espero que me desculpem pelo francês "niveau trois" e pela desafinação. Mas postar a música La Vie en Rose com minha voz é o primeiro desafio para 2010, o ano em que vou tentar ter menos medo do ridículo. E a música de Edith Piaf resume tudo que eu desejo para vocês em 2010: muita paixão (por uma pessoa, por uma profissão, por um livro, pelo que quer que seja). Feliz 2010!!!!

video

sábado, 26 de dezembro de 2009

Retrospectiva 2009

La vie en rose. Esta música tão clichê e - tão linda - fez parte da minha vida este ano e espero que faça também em 2010. Isso porque eu desejo que o novo ano seja acima de tudo leve, bonito, romântico, artístico, cor-de-rosa. E que repita, sem dó nem piedade, as coisas boas de 2009.

Como fim de ano é época de retrospectiva, também quero lembrar brevemente este que foi tão marcante para mim. Primeiro porque realizei o meu sonho mais antigo: conhecer a Itália (e de sobra a França e a Inglaterra). Foi ainda melhor porque o realizei ao lado do meu amor, o Rodrigo, e de uma das pessoas mais especiais que apareceram na minha vida, que é o Eduardo.
E, como eu disse há pouco tempo atrás, tudo foi perfeito.


Este também foi um ano especial porque tive a oportunidade de conhecer melhor algumas pessoas e enterrar de vez a mania de julgar alguém pelo que os outros falam. Então fiquei muito feliz de ter conhecido melhor a Fabiana. E também de conhecer a Núbia, com quem gosto muito de bater papo. Também foi ótimo estreitar a amizade com a Camila, que já vem desde a época do DM. É uma pessoa realmente especial a quem deixei de herança as aulas de tênis (rs).

Além disso, não posso deixar de dizer, dei continuidade a amizades que nunca quero abandonar: a Lorena, que voltou para o condado, a Ana, a Maria Cristina e o Renato. Só faltou uma coisa em 2009: que a Lian e o Hebertito viessem mais por aqui. Mais um desejo para o ano que vem.

Como trabalho também faz parte da vida da gente, quero destacar algo importante: o fato de ter me firmado na editoria de Política. Foi um desafio que soube superar, aos trancos e barrancos. A mudança determinou muitas coisas na minha vida, especialmente porque fui obrigada a aprender a ter mais jogo-de-cintura. O grande segredo desta área: fazer cara de paisagem (rs).

Este também foi o ano em que mudei para uma casa linda e ganhei um quarto cor-de-rosa com quadros feitos pela minha mãe. É claro que, apesar de tudo isso, continuei ficando muito mais tempo na casa do Rodrigo do que na minha. Faz parte. É que desse eu não consigo ficar longe dele nem por um minuto. Por tudo isso o que desejo para 2010, além de uma vida cor-de-rosa para todos nós, é que o Rodrigo, minha família e meus amigos continuem sempre ao meu lado.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Já é saudade

Imagens da viagem à Europa. Abaixo, foto de Eduardo Sartorato na praia de Mônaco. À direita, foto do Geraldinho no Museu do Vaticano. Crédito para Rodrigo Alves.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Felicidade é...

- Entrar no mar e repor as energias
- Reunir amigos para comer bem e beber chopp de uva
- Assistir um belo filme e jurar que vai mudar de vida
- Ler Paris é uma Festa e sonhar imitar aquele estilo de vida
- Ler qualquer livro do Jorge Amado
- Ouvir histórias que os pais ou avó contam
- Abraço da minha avó
- Brincar com minha cachorrinha, a Dolores
- Caminhar pelas ruas de uma cidade histórica
- Ver fotos
- O abraço quentinho do Rodrigo
- Ir ao teatro
- Comer ambrosia, churros, leite condensado, bruschetta
- Mudar o visual
- Nadar em dia quente
- Faltar aula por preguiça sem ficar com remorso
- Férias
- Fofocar com as amigas
- Sentir arrepio ao entrar em uma igreja bonita
- Receber carta ou e-mail de quem a gente gosta
- Receber elogios
- Não ter inimigos
- Beijar na boca do namorado
- Pedir perdão quando a gente erra
- Mudar a decoração do quarto
- Ir a uma exposição de arte bacana
- Ver o sol nascer e se pôr na praia
- Escolher um presente para o amigo que seja a cara dele
- Receber muitos telefonemas no aniversário
- Cantar no videokê
- Assistir documentário sobre a cultura de outro país
- Planejar uma viagem
- Conhecer a Europa
- Acender um incenso
- Ler As Brumas de Avalon e Marcelino, Pão e Vinho quinhentas vezes
- Ouvir Carla Bruni
- Ficar sozinha às vezes, por opção
- Tomar banho de cachoeira
- Tocar violão baixinho
- Assistir filmes do Charle Chaplin no projetor do papai
- Ler revista feminina
- Acreditar em horóscopo só quando ele diz coisas boas
- Ver filmes que não são de Hollywood
- Receber cartão de Natal
- Comer fruta do pé
- Assistir desenho animado no cinema
- Assistir Todo Mundo Odeia o Chirs
- Chamar o professor de frustrado quando se desentender com ele
- Luau na praia
- Se enfiar debaixo do cobertor em dia frio
- Feriado prolongado com folga
- Ônibus vazio e rápido
- Fogos de artifício
- Virada do ano
- Ter coragem de dizer o que pensa
- Ver um beija-flor
- Escolher livro na biblioteca
- Ser a primeira da fila para assistir um filme concorrido
- Encontrar algo que estava perdido há muito tempo
- Saber economizar
- Beber Amarula
- Ouvir um concerto de música clássica
- Família unida
- Mexerem no meu cabelo
- Vinho branco suave
- Viver um amor
- Cantar no chuveiro
- Banho frio em dia quente
- Banho quente em dia frio
- Não temer mudanças
- Ver livros na livraria
- Admirar um quadro bonito
- Festejar cada conquista
- Dormir abraçadinha
- Visitar um museu
- Assistir Sex and the City
- Ler blogs
- Sair cedo do trabalho
- Receber rosas
- Jantar caprichosamente preparado pelo namorado
- Realizar um sonho antigo

domingo, 6 de dezembro de 2009

Prévia

Fim de ano chegando e com ele a sensação de ansiedade, por tantos compromissos, necessidade de cumprir obrigações sociais e planejar o ano seguinte. Mas para mim não tem época mais gostosa que essa. Sou daquelas que renovam a esperança e sempre acham que o ano que vem pode ser melhor do que esse. E é o que acaba acontecendo mesmo.

Acho que 2009 foi daqueles bem especiais. Primeiro porque consegui cumprir a maioria das promessas que fiz, entre elas viajar para a Europa. A lista de promessas era pequena justamente porque este era um projeto complicado, que envolvia tempo e dinheiro. Entre as promessas cumpridas estavam voltar às aulas de francês, continuar a academia, ler mais e ir ao cinema com mais frequência. Consegui. Só faltou tentar o mestrado, mas de qualquer forma a viagem impossibilitava isso. Mas para 2010 quero uma lista enorme.

Ainda não sei o que esperar de 2010, mas com certeza quero que seja um ano que envolva muito estudo. De línguas, de novas culturas, de livros para o mestrado. E que eu consiga ganhar mais dinheiro para parar de me sacrificar tanto financeiramente.

Bem, não vou me alongar porque este ainda não é o texto do fim de ano. É só uma prévia. Mas é bom começar desde já a mentalizar as coisas boas para o ano que vem. Deste jeito não tem como dar errado!