domingo, 27 de dezembro de 2009

Mensagem de Ano Novo

Fiz uma singela homenagem para as pessoas queridas que aparecem nas imagens (e também para algumas ausentes). Espero que me desculpem pelo francês "niveau trois" e pela desafinação. Mas postar a música La Vie en Rose com minha voz é o primeiro desafio para 2010, o ano em que vou tentar ter menos medo do ridículo. E a música de Edith Piaf resume tudo que eu desejo para vocês em 2010: muita paixão (por uma pessoa, por uma profissão, por um livro, pelo que quer que seja). Feliz 2010!!!!

sábado, 26 de dezembro de 2009

Retrospectiva 2009

La vie en rose. Esta música tão clichê e - tão linda - fez parte da minha vida este ano e espero que faça também em 2010. Isso porque eu desejo que o novo ano seja acima de tudo leve, bonito, romântico, artístico, cor-de-rosa. E que repita, sem dó nem piedade, as coisas boas de 2009.

Como fim de ano é época de retrospectiva, também quero lembrar brevemente este que foi tão marcante para mim. Primeiro porque realizei o meu sonho mais antigo: conhecer a Itália (e de sobra a França e a Inglaterra). Foi ainda melhor porque o realizei ao lado do meu amor, o Rodrigo, e de uma das pessoas mais especiais que apareceram na minha vida, que é o Eduardo.
E, como eu disse há pouco tempo atrás, tudo foi perfeito.


Este também foi um ano especial porque tive a oportunidade de conhecer melhor algumas pessoas e enterrar de vez a mania de julgar alguém pelo que os outros falam. Então fiquei muito feliz de ter conhecido melhor a Fabiana. E também de conhecer a Núbia, com quem gosto muito de bater papo. Também foi ótimo estreitar a amizade com a Camila, que já vem desde a época do DM. É uma pessoa realmente especial a quem deixei de herança as aulas de tênis (rs).

Além disso, não posso deixar de dizer, dei continuidade a amizades que nunca quero abandonar: a Lorena, que voltou para o condado, a Ana, a Maria Cristina e o Renato. Só faltou uma coisa em 2009: que a Lian e o Hebertito viessem mais por aqui. Mais um desejo para o ano que vem.

Como trabalho também faz parte da vida da gente, quero destacar algo importante: o fato de ter me firmado na editoria de Política. Foi um desafio que soube superar, aos trancos e barrancos. A mudança determinou muitas coisas na minha vida, especialmente porque fui obrigada a aprender a ter mais jogo-de-cintura. O grande segredo desta área: fazer cara de paisagem (rs).

Este também foi o ano em que mudei para uma casa linda e ganhei um quarto cor-de-rosa com quadros feitos pela minha mãe. É claro que, apesar de tudo isso, continuei ficando muito mais tempo na casa do Rodrigo do que na minha. Faz parte. É que desse eu não consigo ficar longe dele nem por um minuto. Por tudo isso o que desejo para 2010, além de uma vida cor-de-rosa para todos nós, é que o Rodrigo, minha família e meus amigos continuem sempre ao meu lado.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Já é saudade

Imagens da viagem à Europa. Abaixo, foto de Eduardo Sartorato na praia de Mônaco. À direita, foto do Geraldinho no Museu do Vaticano. Crédito para Rodrigo Alves.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Felicidade é...

- Entrar no mar e repor as energias
- Reunir amigos para comer bem e beber chopp de uva
- Assistir um belo filme e jurar que vai mudar de vida
- Ler Paris é uma Festa e sonhar imitar aquele estilo de vida
- Ler qualquer livro do Jorge Amado
- Ouvir histórias que os pais ou avó contam
- Abraço da minha avó
- Brincar com minha cachorrinha, a Dolores
- Caminhar pelas ruas de uma cidade histórica
- Ver fotos
- O abraço quentinho do Rodrigo
- Ir ao teatro
- Comer ambrosia, churros, leite condensado, bruschetta
- Mudar o visual
- Nadar em dia quente
- Faltar aula por preguiça sem ficar com remorso
- Férias
- Fofocar com as amigas
- Sentir arrepio ao entrar em uma igreja bonita
- Receber carta ou e-mail de quem a gente gosta
- Receber elogios
- Não ter inimigos
- Beijar na boca do namorado
- Pedir perdão quando a gente erra
- Mudar a decoração do quarto
- Ir a uma exposição de arte bacana
- Ver o sol nascer e se pôr na praia
- Escolher um presente para o amigo que seja a cara dele
- Receber muitos telefonemas no aniversário
- Cantar no videokê
- Assistir documentário sobre a cultura de outro país
- Planejar uma viagem
- Conhecer a Europa
- Acender um incenso
- Ler As Brumas de Avalon e Marcelino, Pão e Vinho quinhentas vezes
- Ouvir Carla Bruni
- Ficar sozinha às vezes, por opção
- Tomar banho de cachoeira
- Tocar violão baixinho
- Assistir filmes do Charle Chaplin no projetor do papai
- Ler revista feminina
- Acreditar em horóscopo só quando ele diz coisas boas
- Ver filmes que não são de Hollywood
- Receber cartão de Natal
- Comer fruta do pé
- Assistir desenho animado no cinema
- Assistir Todo Mundo Odeia o Chirs
- Chamar o professor de frustrado quando se desentender com ele
- Luau na praia
- Se enfiar debaixo do cobertor em dia frio
- Feriado prolongado com folga
- Ônibus vazio e rápido
- Fogos de artifício
- Virada do ano
- Ter coragem de dizer o que pensa
- Ver um beija-flor
- Escolher livro na biblioteca
- Ser a primeira da fila para assistir um filme concorrido
- Encontrar algo que estava perdido há muito tempo
- Saber economizar
- Beber Amarula
- Ouvir um concerto de música clássica
- Família unida
- Mexerem no meu cabelo
- Vinho branco suave
- Viver um amor
- Cantar no chuveiro
- Banho frio em dia quente
- Banho quente em dia frio
- Não temer mudanças
- Ver livros na livraria
- Admirar um quadro bonito
- Festejar cada conquista
- Dormir abraçadinha
- Visitar um museu
- Assistir Sex and the City
- Ler blogs
- Sair cedo do trabalho
- Receber rosas
- Jantar caprichosamente preparado pelo namorado
- Realizar um sonho antigo

domingo, 6 de dezembro de 2009

Prévia

Fim de ano chegando e com ele a sensação de ansiedade, por tantos compromissos, necessidade de cumprir obrigações sociais e planejar o ano seguinte. Mas para mim não tem época mais gostosa que essa. Sou daquelas que renovam a esperança e sempre acham que o ano que vem pode ser melhor do que esse. E é o que acaba acontecendo mesmo.

Acho que 2009 foi daqueles bem especiais. Primeiro porque consegui cumprir a maioria das promessas que fiz, entre elas viajar para a Europa. A lista de promessas era pequena justamente porque este era um projeto complicado, que envolvia tempo e dinheiro. Entre as promessas cumpridas estavam voltar às aulas de francês, continuar a academia, ler mais e ir ao cinema com mais frequência. Consegui. Só faltou tentar o mestrado, mas de qualquer forma a viagem impossibilitava isso. Mas para 2010 quero uma lista enorme.

Ainda não sei o que esperar de 2010, mas com certeza quero que seja um ano que envolva muito estudo. De línguas, de novas culturas, de livros para o mestrado. E que eu consiga ganhar mais dinheiro para parar de me sacrificar tanto financeiramente.

Bem, não vou me alongar porque este ainda não é o texto do fim de ano. É só uma prévia. Mas é bom começar desde já a mentalizar as coisas boas para o ano que vem. Deste jeito não tem como dar errado!

sábado, 28 de novembro de 2009

Paraíso

Bem...Como nesse momento não tenho nada a dizer que ultrapasse 140 caracteres, deixo uma foto de um momento alegre passado na Praia do Forte. Melhor que isso, só dois disso. Ou com o Rodrigo. Ou se eu pudesse passar pelo menos um mês por lá.
A foto foi tirada no ecoresort Tivoli. Um dia ainda volto praquelas bandas. Perfeito!

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Coisas

É aquele ditato: nunca deixe para fazer depois o que você pode fazer agora. A viagem para Praia do Forte, na Bahia, parece que ficou tão distante para eu descrevê-la aqui...Uma pena eu ter deixado isso passar. Mas vamos em frente!

Esta semana voltei com mais força para academia. Fiz uma avaliação física e descobri coisas interessantes. Uma delas é que estou mais pesada, mas com um percentual de gordura menor. Isso foi bom. A coisa ruim: tenho cinco centímetros a mais numa perna que na outra. Mas não, eu não manco. É na coxa mesmo. Ah, já estou até vendo que o engraçadinho do Tomáz Turbando (conheço a piadinha do Pânico) vai dizer alguma coisa. Vamos ver a criatividade!

Mas só falei da academia porque queria compartilhar um projeto e ver se alguém se anima a me acompanhar. Quero testar minha capacidade de correr em algum circuito, só pelo prazer de enturmar mesmo. Se alguém se habilitar, sabe onde me encontrar.

No mais...Acostumem-se cada vez mais com assuntos desinteressantes nesse blog. Uma coisa que tenho aprendido nesta vida é que internet pode ser um perigo. Um perigo!...rs

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Praia, sol e...trabalho?


Viajar é sempre tão bom. Ainda mais quando se tem a oportunidade de conhecer tantas pessoas legais quanto tive. Enfim...Queria contar detalhes da viagem, mas prefiro deixar para depois que a matéria sair. Só queria dizer que fiquei muito feliz!

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Me preparando para voltar

Teoricamente eu volto ao trabalho amanhã. Teoricamente. Porque fazer uma viagem legal, para conhecer um projeto que sempre tive vontade, não pode ser considerado um trabalho propriamente dito. Mas sobre a viagem eu conto depois.

Segunda-feira estarei de volta à redação. Estou aqui tentando tirar o atraso, lendo jornal, acompanhando o site da Assembleia, tudo para não ficar tão perdida quando eu voltar. As energias estão renovadas, agora espero que além de ânimo eu tenha sorte nas minhas pautas. No jornalismo a sorte às vezes conta muito. Às vezes não. Sempre! Pois eu não tenho sorte se vou cobrir a CPI da Celg e, bem no primeiro dia, acaba a luz? Ou o líder do governo decide trancar as portas da Assembleia para votar um projeto? Tudo isso faz as matérias ficarem bem mais divertidas. É esse tipo de sorte que quero ter quando voltar.

No mais, estou com saudade dos amigos. Muitas mesmo. Em qualquer lugar, até no trabalho, são eles que fazem toda a diferença. E soube que uma colega muito legal voltou ao trabalho. Estou ficando um tanto quanto ansiosa...Mas ainda bem que volto só na segunda. Se não fosse a viagem eu voltaria no fim de semana. Aí não dá....rs.

terça-feira, 3 de novembro de 2009

No final, uma homenagem

Dentro do meu propósito de conseguir extrair o máximo de ócio dentro de um curto período de tempo, vim descansar em Pires do Rio. Sim, descansar. Por que uma viagem pode ser tudo na vida, menos uma oportunidade de descansar. Sendo assim, me cerquei do mínimo possível para minha sobrevivência: filmes, internet e um livro.

O livro, aliás, já terminei de ler. Todo mundo já deve ter ouvido falar dele: chama-se Comer, Rezar, Amar. Esperava uma narrativa de viagem interessante, mas acabou se tornando um livro de autoajuda. Para quem está realmente precisando de ajuda deve ser legal. Para mim foi decepcionante, embora eu não tenha considerado o livro de todo ruim.

Na verdade até me deu uma pontinha de vontade de fazer algo mais “espiritual”. A Ana falou em visitar igrejas por vários países e gostei. Meu lado católico está adormecido, mas sempre gostei de apreciar a arquitetura das igrejas. Quem sabe um dia?

Por falar nisso, a Ana fez a sua estréia aqui em Pires do Rio. Não sei o que ela pode ter visto de divertido no fato de vir para cá (rs), mas adorei que ela tenha passado três dias aqui comigo. Fofocamos, desabafei com ela, fizemos uma deliciosa bruschetta e fiquei pensando que um dia eu bem poderia ser tão sincera quanto ela e desabafar na hora em que é preciso. Admiro ela por isso. E por várias outras coisas.

A Ana é a melhor amiga herdada que a gente poderia ganhar. Eu sei que ela pode ser meio chata às vezes, e neurótica, e falar muito sobre polícia, e cortar a gente no meio da narrativa...rs. Mas ela também pode aquela amiga sincera, que tenta a todo custo te tornar uma cozinheira melhor, que fica feliz com suas conquistas, que é apaixonada e entusiasmada, que te acompanha até nas repetitivas visitas ao Frans Café, e te ouve, e compreende suas fobias...Enfim, essa é só uma pequena homenagem para alguém que esta semana completa 35 aninhos. Ai, que velhinha....Brincadeira. Ela vai fazer 28 anos. Muitas felicidades, Ana!!!

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Minhas férias

Quatro dias de total descanso, assistindo filmes no meio da tarde, dormindo depois das 14 horas, curtindo preguiça ao lado do Rodrigo, relembrando os episódios das últimas semanas. Agora sim me sinto preparada para ressuscitar este blog e escrever sobre minha tão sonhada – e agora realizada – viagem à Europa. Antes é preciso dizer o que me levou a, nos últimos três anos, não adquirir nenhum bem, evitar as livrarias e gastar apenas o mínimo necessário.

Eu REALMENTE sempre sonhei em conhecer a Europa. Não porque é chique , mas pela arte, pela história, pelas belezas, pela cultura. Ver pessoalmente coisas que só conhecia pelos livros. Há algum tempo encontrei um diário de quando eu estava na sexta série. Já nessa época eu falava sobre meu sonho de conhecer a Itália, terra do meu avô. Então se eu for excessivamente deslumbrada, excessivamente piegas, excessivamente empolgada ao falar sobre a viagem, acho que mereço perdão. Meus amigos vão me desculpar por isso e talvez até ter paciência para ler um pouco do meu relato. Então vamos lá!

Itália

Depois de quase um dia inteiro de viagem – voar por 10 horas ininterruptas é exatamente dez vezes pior do que por uma -, o Rodrigo e eu encontramos o Eduardo no aeroporto de Roma. Logo me senti familiarizada com o lugar, tamanha a desenvoltura do Eduardo na cidade. Parece que ele mora lá há anos! Pegamos um metrô de 11 euros, um barco, uma lancha, um helicóptero, um táxi e um submarino e chegamos ao hotel, que ficava um pouco distante do centro. Apesar de arrastar malas pesadas, já de início percebi que essa é a melhor solução: um hotel distante, mas bom e barato. Pontos para nosso personal agente de viagens.

Roma foi só a primeira parada da nossa viagem, já que no dia seguinte seguiríamos de carro até Florença. Apesar do cansaço, saímos à noite para começar a sentir o clima do país. Fomos até o Vaticano e vimos o Coliseu. Esperei aquele arrepio na espinha de quem está realizando um sonho, mas ele não veio. Pela primeira vez percebi que uma cidade é apenas uma cidade, com suas histórias e belezas próprias. Mudou o conceito do passeio, o que foi bem melhor. Pude me concentrar nos detalhes dos lugares sem ficar com aquela cara de boba alegre que – eu sei! – tanto me caracteriza.

No dia seguinte alugamos um carro e passamos por Folônica, Golfo de Barati, Populônia, Cecina. Deu para sentir um pouco o gostinho de estar percorrendo lugares onde há muitos e muitos anos atrás já existiam civilizações em plena atividade. E ver o mar, como sempre, foi revigorante. Por fim paramos em Volterra, nosso segundo pouso.

Passamos a noite em um convento de 1400 que, há um ano, se tornou um albergue. Ele se chama Ostello San Girolamo (hotel na Itália é albergo e albergue, ostello). Tomamos o café-da-manhã em uma sala onde havia um afresco lindo. Depois disso fomos passear na cidade, que é uma graça. Um lugar onde com certeza eu passaria feliz a minha velhice. Não acreditei quando vi uma imagem que, durante anos, guardei por meio de um recorte de revista. Era um beco com construções medievais e roupas penduradas na janela...

Mais tarde fomos almoçar em Pisa. Lembro que a comida era gostosa...Em seguida fomos para a Praça Duomo, onde fica a famosa torre inclinada. Passamos um tempinho lá e terminamos o passeio do dia em Lucca, cidade do compositor Puccini. Confesso que o que sabia sobre ele era apenas o que o Eduardo me explicou – que ele compunha óperas muito famosas. Fiquei com vergonha da minha ignorância, ele é bastante reverenciado por lá. Passamos em frente à casa dele. Agora só falta conhecer a música, algo que vou providenciar por aqui.

No fim do dia já estávamos instalados em Florença, num hotel lindo e barato que o santo Eduardo encontrou pela internet. Tinha afresco no teto e uma penteadeira de mulherzinha. E internet! Estava no paraíso (rs).

Florença é uma cidade simplesmente linda, meu próximo sonho é estudar história da arte lá. A cidade respira arte por todos os lados, com suas estátuas, igrejas e museus. Acho que a parte mais linda da viagem foi conhecer a Catedral de Santa Maria Del Fiore, que tem aquela cúpula famosa e é o cartão-postal da cidade. Ela é bem mais bonita por fora que por dentro, mas como a entrada é franca....Também gostei de conhecer a Basílica de San Lorenzo, construída em 393 a.C. Nunca tinha visto uma igreja tão antiga.

O resto da tarde dedicamos ao Museu Uffizi, que guarda várias obras renascentistas. Ter visto O Nascimento da Vênus e A Primavera, de Botticelli, já teria valido a viagem. Mas também vimos obras do Leonardo da Vinci, Tiziano, Caravaggio e Rafael. Estes até podem ser mais importantes, mas as obras de Botticelli....são as mais lindas. Talvez por isso sejam tão pops – é a seção mais disputada do museu. Ah! E lá aceita carteirinha internacional de jornalista, o que complementou a minha felicidade. É tão bom curtir coisas lindas sem pagar nada!

No dia seguinte já estávamos em Gênova, a terra de Cristóvão Colombo. Chegamos de trem por volta das 16 horas e fomos direto para o albergue. Todo mundo que via a gente com as malas nos dava a indicação do lugar. Fiquei num quarto com várias meninas de outros países. Uma polonesa tentou conversar comigo, perguntou se eu falava inglês, depois francês, depois italiano....Não deu....Desistimos de conversar. Ao mesmo tempo em que me diverti estando num lugar com pessoas de tantos lugares, fiquei meio incomodada com a total falta de privacidade do quarto. Confesso: não consegui relaxar. Deu saudade do meu hotel três estrelas baratinho....

França

De trem fomos para Nice. No caminho fiquei admirando o mar azulzinho por um bom tempo. De lá fomos para Marseille, onde alugamos um carro e nos perdemos um bom tempo até chegamos ao hotel. Ficamos no F1, um hotel pequeno, com banheiro compartilhado, mas um tiquinho mais de privacidade. Sem contar o café-da-manhã, que tem um chocolate em pó que consegue até superar o meu adorado Toddy.

De manhã fomos para Mônaco, um dos melhores destinos da viagem. É um país – ou um principado, sei lá – lindo. Nesse dia tive uma vontade bem forte de ser rica. Muito rica. E morar lá. O único problema do passeio foi que escolhemos mal a roupa. O sol estava forte, o mar lindo, e a gente de calça jeans....Bem que tentamos comprar roupas de banho, mas pelo amor de Deus....O que são aqueles biquínis? Além de caros, nunca mais na vida teria coragem de usá-los. O pessoal de Mônaco tem muito o que aprender com os brasileiros....Quanto aos meninos...Bem, eles se divertiram percorrendo o circuito de fórmula 1. Cada um com suas alegrias (rs).

Terminamos o dia em Cannes, onde tem o festival de cinema. Esse relato está ficando muito longo....Ai, ai...Vamos pular logo para Paris.

Paris é tudo aquilo que dizem. Linda, chique, culta....Foi bom nosso personal agente de viagens ter separado cinco dias para este destino. Fiquei com uma pontinha de vontade de ter essa elegância das parisienses que parece tão natural. Elas realmente sabem se vestir. Mas no fim do passeio em Paris, depois de muito ter passado frio, cheguei à conclusão de que as brasileiras são mais felizes. Elas podem usar lindos e leves vestidinhos floridos! Vou encher meu guarda-roupa disso. Aliás, falta um pouco de cor na moda européia...Por que será?

Apesar da minha cabeça ter parado por vários instantes nesse tipo de futilidade (rs), fizemos um passeio bastante cultural por Paris. Entre eles destaco as visitas ao Museu do Louvre e ao Palácio de Versailles. Passeios que, desde de que eu me entendo por gente, gostaria de fazer. Simplesmente não dá para descrever quanta coisa vi e quanto fiquei feliz por tudo isso. Preciso voltar a estes lugares.

Londres

Estou acelerando o relato, porque realmente não dá para descrever tudo. Escrevi uma espécie de diário ao longo da viagem, para recordar. Mesmo assim fui econômica nas palavras, porque o cansaço era imenso....Não sei de onde tirava energia para os passeios.

Londres não era um destino que eu teria escolhido. Não sei porque, nunca me atraiu. Mas preciso novamente reverenciar meu líder Eduardo. Foi uma ótima escolha. Uma cidade cosmopolita, rápida, interessante...O melhor de tudo foi quebrar o estresse do convívio com a presença do amigo do Eduardo, o Eric, que é muito gente boa. Aqui...Só uma dica....rs...Quando forem para lá, liguem para ele...rs.

No primeiro dia o Rodrigo e eu fomos na roda gigante enquanto o Eduardo foi dar um passeio pelas redondezas. Vale pela vista privilegiada do Big Ben e do Parlamento. Nos outros dias visitamos o Palácio de Buckingham, a Tower Bridge, a faixa dos Beatles, o Parque de St. James, o Castelo de Windsor....Não me lembro bem. Dessa viagem as melhores recordações são com certeza os esquilos do parque, a raposa caminhando pela rua do nosso hotel e as casas em estilo romântico. O perfeito funcionamento do metrô também me impressionou.

Roma de novo

Depois de muito carregarmos malas pesadas e de ter enfrentando um vôo estranho da Ryanair que mais parecia uma feira aérea, chegamos ao nosso hotel quatro estrelas em Roma. Mais uma boa descoberta do Eduardo: um hotel divino, com quarto enorme, banheira e muita mordomia por apenas 55 euros os três dias. Tem coisas....que só o Eduardo faz para você! O único problema: era muito, muito difícil sair de lá. A sorte é que Roma inspira....

Apesar do pouco tempo, tivemos como fazer passeios bons. Vimos a Fontana de Trevi – o melhor de tudo é que eu já tinha assistido La Dolce Vita -, a Piazza Spagna, a Navona, o Museu do Vaticano, a Capela Sistina, o Panteão, o Coliseu por dentro e o Fórum romano. Só para dizer o quanto a viagem foi especial e perfeita: o último dia em Roma teve arco-íris e revoada de muitos, muitos, muuuitos pássaros. Foi lindo!!! Dava para ver na carinha do Rodrigo a felicidade com a viagem. E eu não pude deixar de pensar que sou mesmo uma pessoa privilegiada por ter tanta coisa boa na vida...

sábado, 15 de agosto de 2009

No túnel do tempo

Há algum tempo tinha planejado imitar a Deire e a Paula nessa história de colocar fotos antigas. Elas tinham razão: é muito divertido!!!

Essa fotinha de cima ficou um tempão na porta do Fujioka, segundo a minha mãe.

Minha irmã vestida de Primavera, meu irmão eu não sei e eu de...Xuxa ou paquita.


Com meu falecido cachorro Kiko e o carro velho do meu pai.

Fantasiada de cachorrinho.

Eu sou a bebê e estou com meus irmãos e uma moça muito bonita que trabalhava lá em casa (minha mãe era muito segura de si...rs)

Com a Rosinere, que até hoje é nossa amiga.

Com minha mãe e lá no fundo a prima Simone. Acho que era meu aniversário

Fadinha e bailarina.

Rs....Meu irmão estava fantasiado de pivete. E o mais engraçado: com uma camiseta para votar no Jaime Câmara (acho que para deputado federal).
Família reunida para as Bodas de Prata dos meus pais.
No meu segundo recital de flauta. Meio esquisitinha...rs.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

A arte de ser maltrada

A duras penas tenho aprendido em Política a lidar com cara feia, esnobadas, patadas e coisas do gênero. Hoje tive minha estreia com o governador nesse sentido. Não vou dizer que ele foi grosso - foi até paciente, já que eu estava meio nervosa de ter que fazer perguntas dificéis. Mas é que educaaaaaado ele também não foi. Foi diferente da única vez em que eu tive de cobrir um evento com ele. Na época eu trabalhava no Circuito Goiano e ele me deu uma fatia de melancia...rs. Enfim....Acho que vou acabar ficando casca grossa. Na Assembleia eu já aprendi a driblar as caras ruins. Falta agora expandir esta capacidade para outras autoridades....rs. Mas a verdade é que, quanto mais maltratada eu sou em Política, mais eu sinto que estou fazendo meu trabalho direito. Não existe nada pior que um deputado, por exemplo, ser personagem de uma matéria minha e depois dizer: "aquela matéria ficou muito boa". Isso é ruim, muito ruim....rs.

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Filme e férias vencidas


* O tempo passou e nem escrevi nada sobre o melhor filme que assisti este ano: Desejo e Perigo. É daquele tipo de filme que você sai do cinema e continua pensando nele durante dias. Chega a interferir na personalidade. Desde a semana passada sinto uma vontade imensa de colocar salto alto e roupas mais femininas. A personagem do filme é muito feminina! Claro, não é isso o melhor da história (rs). O filme é simplesmente muito bom. Vale a pena conferir.
* Hoje volto para a editoria de Política (eu acho). Estou meio ansiosa, preciso me adaptar a tudo novamente. Fico sempre com uma sensação de insegurança quando troco de editoria. É aquela obrigação de agradar o tempo todo. Isso é até bom, porque me estimula. Mas nos últimos dias tenho feito um esforço muito grande para resultados que não estão me agradando. É como eu disse antes: férias vencidas. Não sabia que isso poderia interferir tanto no meu rendimento. Outubro precisa chegar logo...

domingo, 26 de julho de 2009

Já que não ganhei...

Já que não ganhei na mega sena, meus planos ficam assim:

- Minha profissão continuará sendo: repórter (se é para trabalhar, ao menos que seja com algo divertido);
- Fazer mestrado e doutorado na França (a diferença é que isso pode demorar um pouco mais....rs);
- Comprar livros na Saraiva (um por mês e olha lá);
- Ter uma casinha em vários tons de cor de rosa (assim que eu conseguir um empréstimo na Caixa...rs);
- Casar com o Rodrigo e ter uma filhinha (sim, o plano continua. Só a ordem das coisas que mudou de lugar...hehehee).

sábado, 25 de julho de 2009

Mega sena

Se eu ganhar na mega sena:

- vou casar com o Rodrigo e ter uma filhinha;
- minha profissão será: estudante;
- vou fazer mestrado e doutorado na França e estudar história da arte na Itália;
- vou abrir uma livraria que vai concorrer com a Saraiva;
- vou montar uma casa em estilo romântico, com vários tons de rosa (o Rodrigo que não me leia...rs);

A verdade é que parece que não tenho muitos sonhos de consumo. A única coisa que eu queria mesmo fazer com o dinheiro é ter o direito ao ócio. Trabalhar só quando tivesse vontade....Bão demais.

terça-feira, 21 de julho de 2009

Frase do dia


"E a coisa mais certa de todas as coisas/
Não vale o caminho sob o sol".


Bonito isso, né? É de uma música do Caetano Veloso que conheço na voz do Roberto Carlos. Chama-se Força Estranha. Música bonita. E fica mais bonita ainda quando meu pai toca. Eita homem que tem talento para o violão. Tenho fé que um dia eu chego lá.

Adoro tocar violão. Quem não gosta muito é minha escoliose lombar sinistro convexa. Quinze minutinhos já provocam uma boa dor. Aff....Sorte do Rodrigo, que não precisa ser torturado por mais tempo que isso.

domingo, 19 de julho de 2009

Amizade e chocolate (não é um texto poético...rs)

Ontem foi um dia legal. Saí com a Lian, a Júlia e o Rodrigo para bater papo e tomar sorvete. Depois assisti um filme muito bonitinho chamado Chocolate. Daí deu vontade de jogar tudo para o alto e abrir uma chocolateria. Mas já passou...Não tenho talento para isso (rs).

domingo, 5 de julho de 2009

Hamlet

Ontem fui ao teatro assistir a tão falada peça Hamlet, com o Wagner Moura. Gostei, apesar de achar que uns R$ 50 já cobririam bem o custo da peça. R$ 80 foi definitivamente um exagero. Exagerada também foi a atuação do Wagner Moura, que pendeu mais para comédia que para tragédia. Mas tudo bem, nunca assisti uma montagem de Hamlet e não sei mesmo dizer como é o personagem. Também tive muita dificuldade para ouvir as falas, mas aí não sei dizer se o problema era o som ou a minha surdez...rs. O que sei é que o segundo ato foi o melhor, especialmente a cena em que a Ofélia morre afogada. A cena foi linda!!!

Seria bom se viessem mais peças boas para Goiãnia. A falta de opção cultural nesta área é triste. Não que aqui não exista teatro, mas estou falando de opção. Um fim de semana com pelo menos cinco peças para que a gente possa selecionar uma. Não seria nada mal....

sexta-feira, 3 de julho de 2009

Morena de novo!

* Ufa! Morena de novo. Por favor não me deixem tingir o cabelo com tons loiros novamente. Até acho bonitinho, mas é totalmente anti-Erika. O duro por enquanto está sendo aguentar o cheiro da tinta, que só deve sair na próxima lavagem. Hoje o Rodrigo ficará ligeiramente intoxicado (rs).

* Amanhã vou assistir Hamlet. Vamos ver se vale mesmo a pena pagar R$ 80 para assistir essa peça. Ai, ai, ai....

* Estou quase na metade da última temporada de Sex and the City. Eita trocinho que vicia. Para não dizer que só faço coisa inútil, também estou lendo o livro "O Sol também se levanta", do Hemingway. Não é nenhum "Paris é uma festa", mas mesmo assim estou adorando. O livro é presente do meu lindinho, só que fui eu mesma que escolhi. Tudo bem, isso é meio anti-romãntico mesmo (rs).

* Como repórter de política (vou demorar a me acostumar...rs) estou tentando encontrar equilíbrio em tudo. Para ser repórter de política é preciso ser política também. E como eu sou meio linguaruda, vou ter de me adaptar á nova situação. Talvez se eu ouvisse mais os sábios conselhos do Rodrigo, eu falaria um pouco menos. Ele sempre diz que o meu problema é que eu sou transparente demais, todo mundo sabe tudo de mim, o que eu penso e tudo mais. Vou fazer um curso básico de "mulher misteriosa". Alguém se habilita a me ensinar?

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Notícia boa e estranha

Não queria ser muito empolgada não, mas é que não resisto (rs). Pensa numa pessoa que está feliz hoje. Sou eu! Acabei de descobrir que vou ser efetivada como repórter de política. Podem rir, amigos! Sei que essa frase era inimaginável há dois anos atrás. Mas a verdade é que hoje não poderia ter notícia mais legal. Gosto muito das outras editorias, mas é que nesses últimos meses me apaixonei por política. E ter o trabalho reconhecido pelos chefões é ainda melhor! Agora é respirar fundo e me preparar para novos embates e cabelos brancos....hehehee.

sábado, 27 de junho de 2009

Dependência virtual

Acabei com meu twitter e estudo deletar o orkut com o firme propósito de me dedicar mais ao blog. Acho que o excesso tecnológico está me deixando meio louca. Vejam só o que tenho:
- 1 twitter (devidamente extinto)
- 1 orkut
- 4 e-mails
- 1 messenger
- 1 fotolog
- 1 flickr
- 3 blogs
Haja senha pra tudo isso! Por isso, para acabar com meus problemas, o plano é resumir minha participação no universo virtual aos seguintes itens:
- 3 e-mails (dois pessoais e um do jornal)
- 1 messenger
- 1 flickr
- 3 blogs (mais bem atualizados, diga-se de passagem)
Sei que eu podia fazer mais, porém não consigo. É melhor me livrar da dependência aos poucos (rs)

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Cansaço mental!

Preciso urgentemente de férias. Sabe quando você tem a sensação de que está perdendo o pique? Não é falta de estímulo, é falta de férias. E teoricamente eu já podia ter tirado as minhas em março. Mas elas só estão marcadas para outubro!!! Se bem que isso é bom. Ainda tenho que economizar para viajar para Europa.

Enquanto fico remoendo meu cansaço mental, tento me ocupar com coisas mais fúteis. Tipo Sex and the City. Adooooro o seriado, mas convenhamos....É muito fútil! Talvez por isso tenha feito tanto sucesso. Ás vezes é bom para deixar os problemas um pouco de lado. Melhor que isso é só rir dos Normais. Se alguém tiver a coleção completa para me emprestar...

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Votação - qual a raça?

Pois é....Então eu completei 28 anos. E a sensação que eu tenho é que este ano estou mais jovem que no ano passado. Não é estranho? 28 parece menos que 27. Sério mesmo.

Esse ano meu aniversário foi lindo. Apesar de nem todos os amigos estarem presentes, todos se lembraram de mim. Acho que tanta vibração positiva na minha vida é que faz com que as coisas dêem certo para mim. Minha vida parece tão perfeita que de vez em quando fico até com medo! Meus pais são legais, meus amigos idem, o namorado carinhoso, o trabalho divertido e até minha cachorrinha é engraçada.

Por falar nisso, vocês acham que minha cachorra é pinscher ou chiuaua? Essa pesquisa foi encomendada pelo Rodrigo (rs)

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Feliz dia dos namorados

Feliz Dia dos Namorados para todo mundo!

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Quase um twitter

- Perguntinha básica aos amigos: se eu fizer festa junina na minha casa, qual ibope terei? Alguém topa se fantasiar de novo e deixar o Adriano puxar a quadrilha? Hum....melhor não. Brincadeira! (rs).

- Acho que estou sendo contaminada pelo mau humor das pessoas que insisto em deixar de mau humor. Quer dizer, quem insiste é o jornal. Se eles entendessem isso todo mundo seria mais feliz.

- Ontem fui ao cinema com meu lindinho assistir Che. Era para ter sido legal, mas o Bouganville me irritou. Chegamos exatamente no horário marcado, mas o filme já tinha começado pelo menos cinco minutos antes! Não é revoltante? Para piorar as legendas em branco sumiam nas cenas mais claras. Nem sei dizer se o filme é bom ou ruim, porque acabei me concentrando na raiva. Só sei é que o ator principal estava lindo (perdão, amor....rs).

- Por falar em lindo, o Wolverine....sem palavras.....a cena da cachoeira....sem palavras (perdão de novo, amooooor....rs).

- Se eu continuar atualizando meus posts assim, vai ser melhor eu aderir mesmo ao twitter..

sábado, 9 de maio de 2009

Lian, política e lindinho

- Antes de tudo e mais nada, parabéns Lian pelo seu aniversário!!!! E te espero aqui em junho para a já tradicional festa junina. Em novo endereço...rs.

- Terminei ontem de ler 'Ensaio sobre a lucidez', do José Saramago. Fala sobre os habitantes de uma cidade fictícia que em uma eleição decidem optar pelo voto em branco. Claro que peguei este livro depois que comecei a cobrir a Assembleia. Ver como realmente funciona a política no estado me deixa um tanto quanto....chocada...rs. Mas também descobri que dentro da Assembleia tem gente boa trabalhando. Óbvio que dá pra contar nos dedos. Nos dedos de apenas uma mão e ainda sobra...rs.

- O Rodrigo, 'malvadimo', viajou para Pires do Rio e me deixou aqui abandonada. Incrível a falta que ele faz! Gosto dele por perto nem que seja pra me chamar de 'monguinha'....rs. Brincadeira!

- Não sei o que será de minha vida quando meu amigão Eduardo Sartorato abandonar a Assembleia. Só de pensar me dá desespero. Ele é a figura mais importante daquele cenário, desde que pisei lá pela primeira vez para acompanhar a super enterrada CPI da Celg. Pelo menos tenho feito algumas amizades, no lado da imprensa, o que me deixa menos aflita.

- Prometo atualizar melhor depois. É que estou na lan house e ficar aqui é bem chato....

domingo, 12 de abril de 2009

Livro 'bão' demais

Por que na época em que prestei vestibular não indicavam livros bons, que realmente estimulassem a leitura? Tirando a Viagem das Chuvas e Outros Contos (um verdadeiro achado!), me lembro que todos os outros livros obrigatórios eram um verdadeiro porre. Quem faz a lista de livros para o vestibular definitivamente odeia literatura.

Ontem encontrei aqui na casa do Rodrigo, em Pires do Rio, "Dois irmão", de Milton Hatoum. Descobri que a obra foi indicada para algum vestibular de 2007. O que será que aconteceu de 2001 para cá? Puxa, que livro maravilhoso!!! Compulsiva como sou por leitura (o Rodrigo que diz isso, sem ser de forma elogiosa...rs), acabei de terminá-la. Simplesmente não consegui parar de ler. Muito contrariada só parei para duas coisas: assistir Kung Fu Panda e almoçar na casa dos avós do Rodrigo. Enfim...Só queria escrever este post para recomendar. No mais....Feliz Páscoa pra todo mundo!

sábado, 11 de abril de 2009

Vontade de mudar

Uma conversa com a Lorena, o primeiro brevíssimo desentendimento com minha sogra e a minha vida que insiste em não mudar: pronto, já está instalada a crise existencial. Era tudo que eu queria. De verdade! Só quando estou em crise consigo mudar algo na minha vida. E neste momento estou fazendo as contas para saber se, finalmente, posso morar sozinha. É isso que eu quero, mesmo. Mas alguém consegue morar sozinho só com o salário de jornalista? Pelas minhas contas não dá. Água, luz, aluguel, transporte, supermercado, um mínimo de vida social....Quem conhece nosso piso salarial vai perceber que é difícil isso dar certo. Esquisito é que mesmo assim estou querendo tentar. E escrever este post é um compromisso que faço para realizar este desejo. De modo que se alguém souber de um lugar baratinho, não muito distante do meu trabalho, por favor me avise. Obrigada!...rs.

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Vivendo e aprendendo

* Hoje teve Clube da Luluzinha com apenas duas integrantes: Lorena e eu. Falamos de coisas de mulherzinha, assuntos filosoficos, filmes, futuro, passado e coisas estranhas. Enfim, colocamos a conversa em dia. E quantos assuntos estavam pendentes!

* Minha temporada na editoria de Politica tem sido bastante proveitosa. Agora, mais do que nunca, vou pensar 314531544 vezes antes de dar o meu voto. De repente me bateu uma esperança de que eh possivel mudar. Mas para isso, sinceramente, eh preciso renovar praticamente tudo. Tipo 99,9%. Vou dar minha parcela de contribuiçao.

* Falando ainda em politica, acho que todo mundo deveria fazer um curso de pelo menos uma semana na Assembleia. Serio, nossa vida ia mudar. Eh meio revoltante perceber como o rico dinheiro do contribuinte esta sendo desperdiçado. Aff...

* Assim como o Rodrigo, estou precisando sacodir minha vida. Um mestrado no Rio de Janeiro ou na Europa - como sugeriram Lian e Eduardo - seria um bom começo. Mas por enquanto nao quero sair daqui. Estou gostando de "brincar" de ser jornalista.

* No sabado passado abri minha casa para a primeira festinha da turma. O nhoque da Ana estava divino, os amigos como sempre legais e as risadas rolando soltas. Adoro! Precisamos marcar mais coisas. Especialmente se a Ana se dispuser a cozinhar..hehheehe.

* Meu computador esta sem acento. Viu? Nao sou eu que sou burra...rs.

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Coisa boa!

Olhem que legal! Alguém no mundo acha que o que eu escrevo vale alguma coisa....hehehee. A Lídia Amorim me deu o selo Conectou! Blog Nota 10. E para completar ainda falou isso de mim: "Sem puxa-saquismo, não tenho culpa se esse casal é tudo de bom. Essa menina emociona e faz rir. Textos leves e gracinha, delícia de ler". Isso, claro, depois de ter recomendado o blog do meu inteligentíssimo namorado (concordo plenamente, Lídia!...rs). Adorei! A única coisa complicada é que tive de escolher outras cinco blogs nota dez.

Copiando o que ela escreveu, a indicação é.... "por textos bons, legíveis, relevantes e inteligentes. E como manda a corrente do bem o contemplado com o selo tem as seguintes coisas a fazer:
* Escrever um post, anunciando que recebeu o selo, exibindo-o;
* Indicar o selo para exatamente 5 blogs, e,
* Avisar aos blogs contemplados."

Bom, então vai lá! Como acho que não devo repetir blogs já indicados (é assim que brinca?...rs), já descarto de cara o da Lídia e o do Rodrigo...snif...snif...

Bolhinhas da Lian: não é só porque ela é minha amiga que indiquei (rs) este blog. Os textos da Lian são leves, charmosos e muito reflexivos. Além disso, ela conta um pouquinho da alegria (e, às vezes, tristeza) de morar no Rio de Janeiro.
Deire Assis: além de ser constantemente atualizado, o blog é inteligente e acima de tudo sensível. Mostra um pouco da pessoa ótima que eu imagino que ela é. Fico com a impressão que ela é uma humanista de verdade e que o jornalismo ganhou muito quando Deire decidiu ingressar na profissão.
Paula Parreira: é um blog que acompanho há muito, muuuuuito tempo e sempre me diverto. Não que ela seja sempre bem humorada em suas considerações (rs), mas ela tem um senso crítico e um tipo de ironia que eu admiro.
Aventurações: meu amigo Eduardo escreve poucos posts, mas sempre certeiros. Além de falar de assuntos de interesse geral, ele descreve um pouco os últimos acontecimentos de sua vida. Tem uma série super legal contando da viagem dele com o Rodrigo e outros amigos ao Peru e Bolívia. Vale a pena ler. Além disso, o blog é um espaço onde ele deixa mais evidente o rapaz inteligente, crítico e amigo que ele é.
Menina Nerd: este blog da Lorena mistura um pouco de vida particular com histórias estranhas, tristes ou engraçadas. É um pouco de cultura inútil com assuntos relevantes. Ou algo parecido...rs.

*Ps: a surpresa da Lídia me livrou de escrever um post mal-humorado e reclamão...rs.

segunda-feira, 23 de março de 2009

Quero dar raquetada nos outros

*Como já disse uma vez gosto de jogar tênis, mas odeio competir. Na sexta-feira joguei contra uma menina da minha idade e fiquei muito tensa. Estava tão brava que eu queria dar uma raquetada no meu professor, mesmo ele sendo legal. O Rodrigo sugeriu que eu liberasse essa tensão e xinguasse bastante durante os jogos. Estou pensando em fazer isso. Preciso me livrar do estresse. Estresse esse, aliás, que nem sei de onde vem. Faço exercício, toco violão, namoro bastante, trabalho o tanto decente, vejo meus amigos, e mesmo assim estou com vontade de...distribuir raquetadas nos outros! O que será isso?

*Bem, mas falando em tênis....Nesse sábado o Eduardo, o Bênia e eu fomos jogar tênis. No começo estava muito engraçado com todo mundo errando. Eu queria muito rir. Mas os meninos estavam jogando tão seriamente que não tive coragem. Depois a gente se acertou e foi até divertido. Tirando que meu lado direito do corpo está imprestável: perna, costas, braços e punho doendo. Uma beleza. Para piorar, a junção de um colchão bastante fino com minha "magreleza" me deu uma ferida meio estranha na costela.

*Ah! Como alguns já sabem, estou de casa nova. Linda e confortável, apesar de estar numa área menos nobre do Jardim América. Ainda não conseguimos deixá-la arrumada, devido ao excesso de...tudo! Pensa na tragédia: minha mãe juntando coisas de quase 30 anos de casada e incorporando à nossa casa outras tranqueiras que minha querida vozinha acumulou em seus 80 anos! Não, não tinha como dar certo.

Com essa história de mudar, só uma coisa me deixa grilada. Todo dia passo na porta da minha antiga casa e vejo gente lá dentro, derrubando árvores e muros. É muita folga! Tive até pesadelo com isso. Não é só porque meu pai vendeu aquela casa que eles tem o direito de fazer o que quiserem com ela (rs).

* Depois de muita lerdeza intelectual, decidi reagir. Comecei a ler um livro de contos ótimo e assisti O Segredo de Vera Draker e Morangos Silvestres. Este último me fez reconciliar com o cinema de Bergman, depois do meu trauma com Gritos e Sussurros.

quinta-feira, 12 de março de 2009

O dia

* Poucas coisas no mundo são tão....sei lá....empolgantes, excitantes (não no sentido sexual...rs) do que estar numa redação na hora de um grande acontecimento. Embora não tenha feito nenhuma matéria para Cidades (hoje estava trabalhando em Política), foi uma experiência diferente saber de tudo antes de todo mundo! É nessas horas que me lembro porque mesmo que eu quis ser jornalista. É uma profissão e tanto, apesar dos pesares...

* Consegui uma folguinha amanhã para poder cuidar da mudança. Não poderia trabalhar tranquila sabendo que minhas coisas podiam se perder pelo caminho! São tantas coisas para ajeitar, só de pensar fico doida.

* Hoje completo 3 anos de namoro!!! Só que meu lindinho está em Manaus e, como no ano passado, a comemoração será adiada. Eita, como é difícil ser assalariado!....rs. Mas tudo bem, eu espero ele voltar. Que não seja por falta de oportunidade. Ainda teremos vários outros três anos de namoro!!!!...rs.

domingo, 8 de março de 2009

Problemão

Problema que atinge os 'bonzinhos' com frequência: vontade de gritar e xingar! Mas eu não consigo....

sexta-feira, 6 de março de 2009

Mudança

* Para não dizer que este blog é totalmente inútil, tenho um comunicado importante a fazer. Vou mudar de casa semana que vem! Vou sair do Jardim América e me mudar para o... Jardim América!...rs. Assim que tudo estiver organizado, é claro que farei a festinha de inauguração. Ah! E se alguém passar na porta da 'antiga' casa, não se assuste. Vai tudo parar no chão!!! A minha 'linda' casinha de tantas festas e reuniões cantarolantes será demolida para dar lugar a mais um prédio que vai 'enfeiar' o meu bairro. Coitados dos vizinhos....

terça-feira, 3 de março de 2009

Natal dos Amigos - uma foto!


Lian, agora eu atualizei! Com uma fotinha do Natal dos Amigos, realizado em...fevereiro!...rs.

sábado, 14 de fevereiro de 2009

A primeira vez a gente nunca esquece

Embora esteja um pouco tarde para falar sobre isso, não posso deixar de registrar minha primeira visita a um estádio de futebol. Agora eu consigo entender melhor o vício dos brasileiros pelo esporte. É realmente emocionante ver uma partida de perto! Mas preciso ir a um jogo mais morno para confirmar se isso é mesmo verdade. No domingo fui no jogo do Goiás e do Vila Nova no Serra Dourada. Meu time por herança (minha família toda torce para o Goiás) arrasou! 6 a 1!!! Na verdade, em certo momento, até fiquei cansada de comemorar (rs). Quando tiver jogo de novo, podem me convidar!

-------

Essa semana também fiz uma viagem mega rápida para São Paulo. Pela primeira vez viajei com uma companhia chique, a TAM. Gostei do lanchinho. Fui acompanhar um workshop de turismo e me esbaldei. Adoro folder de viagens. Peguei tudo que eu podia sobre a Europa, além de 15 canetas e várias sacolinhas. Ah, e trabalhei um pouco também...rs.

------

Voltei às aulas de francês e estou animada. É tão diferente estudar por prazer e não por obrigação. Estava com saudade de ter livros, cadernos e colegas de sala. Minha empolgação era tanta que no primeiro dia de aula eu não conseguia parar de falar. Um progresso e tanto! Quando estudei francês na UFG eu era tão tímida que precisei chorar uma vez para não fazer apresentação na frente da classe. Ai, como eu era falsa! (rs)

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Florzinha

Achei que a foto da rosa merecia um post. Ficou linda! Tirei na casa do Rodrigo, em Pires do Rio. É por isso que eu gosto de ir pra lá: tem florzinhas, comida gostosa, direito a acordar tarde e ser bem tratada. Acho que quero ficar com o Rodrigo para sempre só por causa da casa de Pires (rs).

Ontem tive um dia meio estressante. Estava bastante disposta a ficar de mau humor quando dei de cara com um filhotinho de cachorro, que apareceu aqui na porta de casa. Acho que não tenho mesmo talento para mulher brava. Qualquer coisinha pequena me desarma...

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

As últimas

* Percebi algo que minha paixão adolescente pelo Al Pacino não permitiu antes: O Poderoso Chefão é um filmaço! Acho que entra para a galeria dos meus preferidos. Valeu a pena ir dormir às três da manhã e, consequentemente, perder uma partida de tênis por causa do cansaço. O filme é simplesmente perfeito. Apesar do Al Pacino não ser tão lindo quanto eu me lembrava.

* Estou numa fase de muita, muita ansiedade. Mudar de editoria me deixou um pouco tensa, apesar de - confesso! - mais feliz. Ser manchete do jornal é mesmo tão bom quanto eu pensava. Agora, como diz a Deire, só falta emplacar uma capa de domingo! Mas isso eu sei que pode demorar um pouco mais (rs).

* Voltando ao tênis, estou frustrada. Até a parte em que eu estava aprendendo as técnicas me divertia. Quando entrou a tal competitividade (odeio!) tudo perdeu a graça. Penso seriamente em me dedicar à dança. Ou ao ócio, o melhor esporte do mundo.

sábado, 3 de janeiro de 2009

Novo template

Apesar de gostar muito do template que a Helen havia feito especialmente para mim, decidi mudar mais uma vez. Mas o Rodrigo me aliviou quando perguntei se a Helen poderia ficar chateada com a mudança. "Tudo bem, ela sabe que você é inconstante". Aceitei o comentário - é melhor que espancá-lo, certo?

Então é isso, um novo template para um ano cheio de promessas. Acho que o layout combina muito comigo (por enquanto, claro). Espero escrever mais neste espaço esse ano. Enquanto não surgem as ideias (única palavra do acordo ortográfico que me lembro...rs), vou deixar um poema que adoro da Fátima Guedes.

APAIXONADA

Ela me diz
O que um produz um sentimento
Onda felizCorre no mar do pensamento
Mágica, vertigem, lucidez
Calmaria, dor, insensatez
Na conta do amor
Todo errado fica certo

Ela não sabe
O que fazer pra ser querida
Mas quando é
Desfaz a lógica da vida
Vai ver uma lua de manhã
Dança toda nua com satã
Na conta do amor
Todo pecado fica lindo
Rindo,
Passa sua idéia
Canta,
Agita a platéia
Ai! Que bom te olhar
Tão apaixonada
Deixa tua risada
Solta pelo ar

quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

Feliz 2009!!!


Comecei 2009 rodeada de amigos queridos, beijando meu lindinho, bebendo espumante bem doce, rindo muito das histórias da faculdade e com 1001 projetos na cabeça. Acho que este ano promete - e como! Para garantir, na hora da virada repeti uma frase que disse na passagem para 2008: esse ano vai bombar!!! É uma frase meio adolescente, é verdade, mas que funcionou. Só acrescentei uma frase típica do Adriano para que 2009 seja ainda melhor: esse ano vamos "tocar o terror!" (seja lá o que for isso...rs).


Depois de ter vivido um 2008 cheio de boas novas - o trabalho no jornal, as novas amizades, aprender a tocar tênis e violão -, começo realmente esperançosa. Vou voltar a ser repórter e quero me dedicar bastante ao trabalho. Muito mesmo. Isso, claro, sem esquecer o Rodrigo, os amigos, o cineminha obrigatório, os livros, a academia, o tênis, as séries de TV. Afinal uma cabeça feliz faz tudo melhor, não é?


Então, vamos planos para 2009:


- Viajar para o exterior;

- Voltar às aulas de francês;

- Tentar o mestrado;

- Ressuscitar o Bolhas e o Plural Blog;

- Ficar mais perto dos amigos;

- Ler 20 vezes mais que o meu normal;

- Continuar firme e forte nas aulas de tênis;

- Ser má e de disposição severa.

Por enquanto é isso. No mais, muitas felicidades para todos nós neste ano!