sábado, 27 de junho de 2009

Dependência virtual

Acabei com meu twitter e estudo deletar o orkut com o firme propósito de me dedicar mais ao blog. Acho que o excesso tecnológico está me deixando meio louca. Vejam só o que tenho:
- 1 twitter (devidamente extinto)
- 1 orkut
- 4 e-mails
- 1 messenger
- 1 fotolog
- 1 flickr
- 3 blogs
Haja senha pra tudo isso! Por isso, para acabar com meus problemas, o plano é resumir minha participação no universo virtual aos seguintes itens:
- 3 e-mails (dois pessoais e um do jornal)
- 1 messenger
- 1 flickr
- 3 blogs (mais bem atualizados, diga-se de passagem)
Sei que eu podia fazer mais, porém não consigo. É melhor me livrar da dependência aos poucos (rs)

6 comentários:

  1. ► Além do Twitter, tenho mais sete microblogs, mas todos são atualizados com HelloTxt.

    ► Que eu me lembre, tenho cadastro em 121 redes sociais devidamente linkadas no MeAdiciona, mas não pretendo sair de nenhuma e essa lista aumenta todo dia.

    ► Tenho mais de 20 webmails, mas redirecionei todos eles para uma das minhas contas no Gmail.

    ► Oficialmente, tenho três contas de messenger, uma no GTalk, uma no Live (MSN) e uma no Yahoo! Tenho mais algumas contas para testes, mas essas não fazem diferença porque não divulgo.

    ► Tenho Flickr, mas já atingi meu limite de 200 fotos faz tempo, então atualmente eu atualizo mais meus álbuns do orkut, do Picasa e do Windows Live.

    ► Tenho 4 blogs oficiais e mais alguns extra-oficiais.

    Conclusão: você fica louca muito fácil.

    ResponderExcluir
  2. Olá Erika,
    Mundo moderno é isso. Agora imagine a vida de um professor. Veja o último post do meu blog.

    ResponderExcluir
  3. Nãoooooo saia do orkut!! Por favor!! Aonde que vou poder ver suas fotos, fazer comentários e mandar scrap:: :^)

    ResponderExcluir
  4. Pelo contrário!! Falta vc fazer uma conta no facebook, que é muito melhor do que o orkut, mesmo que ainda não substitua o primeiro (Já que não é tão popular entre os brasilerios)

    ResponderExcluir
  5. Apoiado. Embora sejam viciantes, para ser feliz a gente não precisa de nada disso.

    ResponderExcluir