domingo, 31 de julho de 2011

Mais um pouquinho

Como prometi, segue mais uma listinha dos livros preferidos

- O Anjo pornográfico (Ruy Castro): Ajuda a entender um pouco da personalidade de Nelson Rodrigues. A parte mais impactante da biografia é quando uma mulher entra na redação para matar o pai de Nelson Rodrigues mas, como ele não estava, mata o irmão dele. Hein? Mundo cão
- Meu destino é pecar (Nelson Rodrigues): Com tantas peças maravilhosas de Nélson Rodrigues eu tinha de escolher justo um folhetim? Pois é. Esse é do tipo imperdível, cheio de reviravoltas. Tanto que já se tornou parte do folclore da nossa turma a cena da Lorena lendo esse livro no bar. Só eu, que já havia lido "numa sentada só", compreendi.
- O Chanceler de Ferro: Era um dos livros preferidos da minha avó. Conta a história de um homem poderoso, feiticeiro e corrupto, lá na época dos faraós.
- A Estrela Sobe (Marques Rebelo): Esse eu comprei por R$ 1 no sebo e conta a história de uma aspirante a cantora, no melhor estilo "faz tudo para subir na vida". Mundo cão
- Olga (Fernando Moraes): Só posso dizer que é 7 mil vezes melhor que o filme
- Chatô, o Rei do Brasil (Fernando Moraes): Li pouco antes de entrar na faculdade de Jornalismo. Devia ter me servido de aviso (rs). O Jornalismo como ele realmente é está aí.
- Marcelino Pão e Vinho: Esse é lindo, com sabor de infância. Ganhei da minha mãezinha
- O Crime do Padre Amaro (Eça de Queiroz): mundo cão religioso (rs). Aliás, qualquer livro do Eça de Queiroz é ótimo. Uma das poucas coisas boas que nos obrigam a ler no Ensino Médio.
- Incidente em Antares (Érico Veríssimo): Livro crítico e engraçado sobre a "revolta dos mortos" que não foram enterrados.
- Na Praia (Ian Mcewan): linda história de amor frustrado. Como alguém consegue escrever uma história romântica com final infeliz? Só ele e Shakespeare..heheh
- A Festa do Bode (Mario Vargas Llosa): Sabe livro deprê? É esse. Mas é ótimo ao mesmo tempo.Só acho que tem de ter estômago forte. O meu é meio fraco, mas resisti até o final porque é bom mesmo. A pior parte é saber que é baseado em fatos reais.

4 comentários:

  1. Pra variar, muita coisa boa né?! Também gostei mais do livro Olga que do filme...

    ResponderExcluir
  2. Este fundo ficou bem melhor. Faz um favor? Não muda mais não!! rsrs....

    ResponderExcluir
  3. Ahhh, quando chegar tambem quero te indicar alguns!

    ResponderExcluir
  4. Meu destino é pecar... As vezes bate uma vontade insana de ler de novo, só por causas das cenas do último capítulo... ahuauhuhauauhuha... Nem eu sabia que Nelson Rodrigues era tão bom!

    ResponderExcluir