terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Balanço 2011



Fim de ano é tempo de...rever o que foi bom ou ruim e traçar metas para o futuro! E 2011 foi um ano bastante peculiar, porque convivi com a felicidade extrema e o estresse enlouquecedor. Como é isso? Nem eu sei explicar direito. A felicidade extrema com certeza veio do Rodrigo, da minha família e dos amigos. Esse ano nasceu a minha afilhada Isabella e a Ana Laura cresceu. Foi um ano de muitas brincadeiras, brinquedos, festas e sorrisos. A carinha linda da Isasbella na maternidade e o aniversário maravilhoso da Ana Laura para mim foram os pontos fortes do ano, assim como os batizados de ambas.

Esse também foi o ano em que fizemos a festa de 5 anos de formados da turma. E é sempre bom reencontrar os velhos amigos, de uma turma com quem me identifiquei tanto e que me trouxe tantas alegrias ao longo de quatro anos de faculdade. E no mesmo dia da festa também comemorei 5 anos ao lado do Rodrigo, esse lindo sempre tão carinhoso e companheiro, que me diverte quando ri das mesmas piadas do Chaves, que me faz ponderar e agir com a cabeça, que me apoia até mesmo a viajar para longe sem ele, só para me ver feliz. E tem como não amar? (rs).

A viagem, aliás, foi uma das boas surpresas do meu ano. Mais do que a viagem em si, o que me deixou feliz foi o fato de eu ter aceitado o desafio que me impus e ainda receber o apoio do Rodrigo. Adorei perceber que posso ser independente e fazer as coisas que eu gosto mesmo quando não consigo companhia. Realmente não pensava que fosse capaz de fazer uma viagem sozinha para fora do país. Mas foi perfeito, fiz tudo que queria, aproveitei - mas também senti muita saudade. O que prova que essa ideia de morar fora do país, que eu sempre tive, está definitivamente eliminada da minha vida...rs.

Mas esse ano também foi de muito, muito estresse. Não sei porque mas em 2011 usei lente de aumento para os defeitos de todo mundo. E muita gente me pareceu mais egoísta, folgada e sem noção que o normal. Então entre os projetos para 2012 está regular os meus "óculos" da vida, para enxergar as pessoas como realmente elas são: egoístas, folgadas e sem noção, sim, mas também com muitas qualidades. Meu projeto para 2012 é ter paciência, muita paciência, para lidar com as pessoas, porque apesar de tudo elas são o que de melhor há na vida. Vou virar o ano vestida de azul, na esperança de que isso me ajude a ter mais tranquilidade, serenidade e equilíbrio.

E em 2012 quero muito, mas muito mesmo, voltar a estudar. Nem que seja latim, turco ou técnicas de arrumação de casa (rs).

2 comentários:

  1. Bom é assim, muitas surpresas, muita coisa acontecendo e, principalmente, saber que você está rodeada de pessoas queridas. Feliz 2012!

    ResponderExcluir
  2. Preciso de uma cor para o meu ano novo... Qual é a cor do sucesso? Esse é um ano em que eu preciso chamar o sucesso a qualquer custo ahuahuhuauhahua

    ResponderExcluir