domingo, 5 de outubro de 2008

Cartilha do Pobre - o retorno

Vasculhando o histórico do meu antigo blog, encontrei esta verdadeira relíquia. Este post é em homenagem ao Eduardo (não que ele seja pobre, mas foi ele quem inventou a idéia da cartilha do pobre...rs)

Cartilha do Pobre

Ser pobre é:

- Correr para pegar um ônibus.
- Pedir dinheiro emprestado aos amigos para sair.
- Ter o celular apenas como agenda para ligar do orelhão.
- Passar perfume no pulso e ficar esfregando em outras partes do corpo para economizar o próprio.
- Ficar procurando algum local público(ou consultórios) para ler revistas e jornais de graça.
- Por dérreal(R$10,00) de gasolina no carro.
- Passar mal de tanto comer e beber nas festas do tipo "tudo por conta".
- Ir em boate, não consumir nada e depois esticar a noite no pit-dog mais barato da cidade.
- Perder o sono quando vc descobre que tinha um loja vendendo o mesmo produto que você comprou, só que com 10% de desconto.
- Alongar a visita em uma locadora para ver o filme que está passando na televisão
- Ir em um restaurante por quilo e não beber nada porque vc exagerou na hora de colocar a comida.
- Gastar 3 horas para chegar em casa porque ficou "pulando" de terminal em terminal para gastar apenas uma passagem.
- Comprar uma televisão em 24 vezes nas Casas Bahia.
- Pegar Cd´s dos amigos para copiar em casa.
- Ir ao Shopping apenas para pagar prestações de uma compra feita há vários meses.
- Receber uma ligação de sua operadora de celular perguntando porque você não pôs créditos nos últimos três meses.
- Fazer compras de Natal no Camelódromo.
- Comprar imitações de quadros famosos
- Ficar esperando um amigo alugar filmes e depois pedir emprestado para assistir.
- Ficar puto quando você paga uma compra de R$1,99 com uma nota de R$2,00 e o caixa não volta o troco.
- Só ir no cinema em dia de promoção (LINDINHO, ESTE TÓPICO É NOSSA CARA...RS)
- Pagar meia-geral em estádio de futebol.
- Ir de ônibus para o shopping para não pagar estacionamento.
- Fazer compras dentro do Eixão.
- Vender livros velhos para comprar novos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário